Archive for Outubro 2012

Prefiro o Amor

quarta-feira, 31 de outubro de 2012 § 0


Prefiro ser feliz, mesmo que de um jeito meio diferente. Prefiro lutar por um amor difícil, mas valoroso. Ainda que por um tempo eu ame sem ser amado, prefiro me dedicar de coração ao que de bom pode estar guardado.
Prefiro me entregar, entregar meus sentimentos, sem medo de sofrimentos, do que reservar a quem merece o que de bom está aqui dentro do meu peito. Prefiro amar, amar sem exigências, sem cobrar algo além do que o direito de amar verdadeiramente.
Prefiro ser assim, não ser dono de mim. Prefiro me arriscar, até perder, do que fugir. Prefiro as lágrimas do amor não correspondido do que me contentar em preservar meu coração das aflições do amor.
Prefiro viver por amor, para amar. Prefiro amar, sempre que a vida dá oportunidade. E sempre prefiro dar amor em troca do que vier, às vezes em troca de nada. Prefiro sempre amar para nunca esquecer o quão bom é o amor!


(Wesley Rezende)

Seção Poema – Breves Poemas De Amor

segunda-feira, 29 de outubro de 2012 § 0


I

Há uma semente
Pura e protegida;
Ela vive em mim.
Essa semente precisa do teu brilho
Para brotar, florescer.
Essa semente,
Para permanecer viva,
Precisa viver ao mesmo tempo
Em dois lugares:
Nos nossos corações.


II

O sol se escondeu;
A noite voltou como se não tivesse ido.
Lá fora foi assim porque não te vi.
Mas dentro de mim a luz brilhou;
Luz que alegra o meu coração;
Luz que irradia sem cessar;
Luz que vem de ti,
Ó linda menina!


III

Vi os tempos ficarem mais serenos.
Houve paz na minha alma agitada.
A tua presença me deixou em silêncio,
E assim pude pensar com mais calma.
O que sinto é verdade,
É bem firme,
É gentil;
É certeza de te querer,
É medo de te perder.
É mais além,
E é apenas para você!


IV

As nuvens me rodearam;
Brisas trouxeram perfumes raríssimos.
No céu de ternura me encontrei...
Nos teus abraços
Eu senti paz,
Nos teus lábios
Senti o doce sabor
Dos mais belos sonhos.
Nas tuas mãos
Senti a segurança
De virtudes exuberantes!


V

Menina, menina bonita,
De jeito gracioso
E falar encantador!
Corre em meu ser
O néctar da alegria,
Que jorra sem medida
Da fonte do nosso amor!


VI

Toda hora agora é hora
De pensar em você.
Todo tempo agora tende
Em parar com teu sorriso.
Tudo é mais,
E mais será
Se Deus nos abençoar.

(Wesley Rezende)